Restaurações

Restaurações

Restaurar um dente significa devolver a ele sua forma e função, prejudicada por cáries, desgastes ou quebras, por exemplo. Atualmente existem diversas técnicas para recuperação, com resultados que reúnem qualidade e estética e que podem tornar os dentes tratados praticamente imperceptíveis em comparação aos demais.

A restauração pode permitir que um dente afetado pela cárie possa tornar-se saudável e funcional novamente. Para isso, o dentista precisa remover o tecido cariado, limpar e preencher o espaço com um material apropriado para a restauração. A cavidade precisa ser totalmente preenchida, para impedir que bactérias entrem e causem novas doenças.

A escolha do material de restauração pode depender de vários fatores como a extensão da cárie, as características bucais do paciente, existência de alergias e custo-benefício. Atualmente são utilizados diversos materiais diferentes para a restauração de dentes que agredidos pela cárie, como amálgama (um dos mais conhecidos e acessíveis, com coloração prateada), resina (que tem a vantagem estética de ser de cor aproximada a do dente), porcelana (resistentes a manchas) e até ouro (muito resistentes e bem aceitas pelo tecido da gengiva).

Utilizamos apenas máteriais de primeira linha.

Caso existam quebras nos dentes, o profissional irá analisar quais dentes foram lesionados e em que proporção, para que seja possível identificar a melhor técnica para recuperá-los. É importante lembrar que a ocorrência de apenas um dente quebrado já pode causar um desequilíbrio nas funções da fala, mastigação e deglutição. Por isso, é essencial procurar um especialista nesses casos.